5 Motivos para começar a empreender

5 Motivos para começar a empreender

5 Motivos para começar a empreender – Fonte: Elo7

Empreender, ser empreendedor, abrir seu próprio negócio, ser dono da sua própria empresa, ser dono do seu próprio nariz. Parece bom né? Claro que é!

No nosso artigo anterior, falamos algumas das tristes verdades que alguém que quer empreender tem que encarar, mas isso não quer dizer que você não deve empreender! Ter seu próprio negócio é uma das experiências mais realizadoras da carreira de um profissional!

Hoje, queremos falar de motivos para você empreender. Se você está na dúvida se empreender é para você, então aqui vão 5 motivos para começar a empreender!

Neste artigo

1- Você tem uma solução para um problema

Toda vez que alguém me diz que quer empreender, abrir um negócio, ter uma empresa ou algo do tipo eu pergunto: E qual problema você quer resolver? Muitas pessoas falam mal da Apple (eu incluso, em várias ocasiões) por criar uma necessidade que não existia para vender seus produtos, mas eu quero usar a empresa como exemplo.

Quando lançou o iPhone, a Appple estava resolvendo um problema muito real da época: As pessoas queriam continuar acessando seus serviços online como bancos, Youtube e
Facebook, mas os navegadores (browsers) dos celulares da época ainda estavam na maioria uma geração atrasados. A Apple então pegou seu bem sucedido iPod Touch e criou o iPhone – um celular que permitia você consumir mídia e acessar os mesmos sites que você acessava pelo computador, agora em qualquer lugar. O resultado você sabe.

Eu vou resumir o próximo exemplo… Um dia (2008) a Apple resolveu que não daria suporte ao Adobe Flash em seus browsers. Cá estamos em 2021 e browser nenhum suporta Adobe Flash. Implicância? Não. A Apple identificou que a internet móvel jamais adotaria padrões mais modernos, rápidos e eficientes se todo mundo continuasse dependente do Flash.

O que eu quero dizer com essas duas histórias é: A Apple resolveu dois problemas específicos que todos os usuários de smartphone do mundo tinham e é uma das empresas de maior sucesso em sua área por conta disso. Então, quando pensar em abrir um negócio, pense primeiro em que problema você vai resolver. Se você tem uma solução para um problema que lhe incomoda, acredite: Deve ter um monte de gente com o mesmo problema por aí pronto para comprar sua solução.

2- Você quer ser dono do seu tempo

Quando eu falo de ser dono do seu tempo eu não estou falando de acordar às 10:00 e dormir às 03:00 (apesar dessa última parte ser lugar comum para muitos empreendedores), nem de decidir “hoje eu não vou trabalhar” – em verdade, a maioria dos empreendedores têm jornadas de sete dias por semana. Não, eu não estou falando de todas as coisas que as pessoas imaginam que uma pessoa rica faria se não precisasse trabalhar para sobreviver.

Eu estou falando da liberdade de poder dizer “hoje eu vou focar nesta tarefa”, “hoje eu vou resolver este problema” e de se planejar para passar o domingo com a família. Estou falando de poder criar sua própria rotina de trabalho sem nenhum chefe impondo quais tarefas/clientes/produtos/projetos devem ser priorizadas.

Um empreendedor pode sim, com uma boa gestão do tempo chegar ao ponto em que diz “hoje eu não preciso trabalhar o dia todo”, mas isso exige muito trabalho, seriedade, dedicação, comprometimento e disciplina. Mas se você tem essas características e está disposto a fazer o esforço para chegar lá, empreender pode ser para você.

3- Você quer ser dono do seu nariz

Vamos ser honestos, ter chefe quase nunca nem sempre é uma situação que traz alegria e reconhecimento para a vida de um profissional. Os motivos são os mais variados, assim como as pessoas são diferentes. Alguns precisam de líderes que ajudem no desenvolvimento profissional, outros de um direcionador claro, e alguns até de incentivo motivacional. Quando o chefe não provê, você se desmotiva. É natural.

Aí vem a pergunta: E se eu for meu próprio chefe? Você teria a autonomia para trabalhar da sua forma, como achar melhor e tratar as pessoas como você acha que deveria ter sido tratado. Mas o mais importante: Você deixa de ter que responder a alguém pelo seu trabalho e desempenho.

Esta é uma situação que exige muita maturidade, seriedade e comprometimento. Da mesma forma que você não terá a quem responder, também não terá as seguranças que um trabalho de carteira assinada traz. Mas se você nunca funcionou no modelo de 09 às 18, sempre trabalhou melhor à frente de iniciativas do que dando suporte a atividades rotineiras e está ciente dos riscos e problemas que um empreendedor precisa enfrentar (falamos muito disso neste artigo: 7 Verdades sobre empreender que você precisa saber) então considere empreender!

4- Você quer trabalhar no que é seu

É um sentimento muito comum de quem trabalha com carteira assinada de que estar colocando esforço no sucesso dos outros, que não estar alcançando nada, mesmo quando as promoções e o reconhecimento vêm. Na verdade, o que talvez não tenha sido identificado seja a necessidade de trabalhar em algo que é seu. A necessidade de ter seu próprio negócio.

Neste caso, não importa o quão bem sucedido você seja no trabalho que tem, você nunca estará plenamente satisfeito com suas realizações até poder abrir a boca e dizer “meu negócio”! Pode parecer o tipo de coisa que só acontece com quem já tem anos de experiência e uma carreira bem vivida, mas a verdade é que tem gente que precisa empreender para se sentir completo.

5- Você quer trabalhar com o que gosta

A maioria das pessoas escolhe muito cedo a carreira acadêmica que vai seguir e em decorrência disso, acaba trabalhando com algo que mais tarde percebe não gostar muito. Ou entram numa área de que gostam, mas não conseguem se sentir satisfeitos. Ou descobrem bem mais tarde que o que realmente gostam de fazer é o extremo oposto do que o diploma indica. E em alguns casos, de que não precisam de diploma algum para fazer o que gostam.

Seja qual for a sua situação, empreender tem esta vantagem: você vai poder trabalhar com o que mais gosta. Confúcio disse e eu assino embaixo (haha, quem sou eu perto dele, mas vamos lá): “Trabalhe com o que você ama e nunca mais precisará trabalhar na vida”. Trocando em miúdos, quando você trabalha com o que ama você não sente que está trabalhando. E esta pode ser a sua realidade se você resolver empreender.

E aí? Acha que empreender é para você? Eu recomendo ler nosso artigo 7 Verdades sobre empreender que você precisa saber, para garantir que vai entrar nesse mundo de olhos abertos e sem ilusões. Se depois de ler nosso outro artigo você ainda quiser empreender, a DNCE estará aqui para lhe ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o topo